Siga-nos

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn - círculo cinza

(11) 2770-2000

Rua Bela Cintra, 904 – 6º Andar

CEP 01415-002

Consolação - São Paulo/SP

contatos@bbfuels.com.br

BRASIL BIO FUELS © 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Sustentabilidade

Compromisso com a sustentabilidade

Como premissa, prezamos pelo desenvolvimento sustentável da Região Norte, considerando, especialmente, o bem-estar e cultura das comunidades e a conservação da biodiversidade, por meio de quatro práticas:

Processo Verticalizado

Os projetos da BBF foram desenvolvidos a partir de uma estrutura verticalizada, isto é, a empresa está completamente envolvida em todas as etapas do processo: cultivo e manejo da matéria-prima, beneficiamento de óleo, produção de biodiesel e geração de energia elétrica.

 

A estrutura verticalizada apresenta vantagens competitivas e socioeconômicas, como o aproveitamento completo da palma, resultados promissores de retorno de investimento e qualidade de atendimento, suprindo a demanda e promovendo o desenvolvimento sustentável das regiões atendidas. Do ponto de vista socioambiental, o cultivo da palma contribui para a melhoria da vida no campo e desempenha papel importante na redução do desmatamento com a recuperação de áreas degradadas.

Benefícios

Acompanha e atesta a sustentabilidade e segurança de toda a cadeia produtiva, garantindo o fornecimento ininterrupto de energia.

Permite o aproveitamento integral da matéria-prima e diminui drasticamente a geração de resíduos.

Apresenta resultados promissores de retorno de investimento e qualidade de atendimento.

 

Se você deseja compartilhar este sonho conosco, entre em contato!

Com novos parceiros e investidores, poderemos expandir
nossos projetos, gerando mais empregos e contribuindo
para o desenvolvimento sustentável do Norte do País.

Agricultura familiar

A agricultura familiar é uma forma de atividade econômica prevista na legislação brasileira. São quatro critérios em que os cidadãos devem se encaixar para serem caracterizados como tais: ter uma propriedade de até quatro módulos fiscais, utilizar nas atividades rurais mão de obra da própria família, possuir renda familiar proveniente de atividades econômicas rurais e gerenciar com a família seu estabelecimento.

 

Para que seja comprovada a identificação da agricultura familiar e possibilitado o acesso às políticas públicas, é necessário obter a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e mantê-la ativa. A participação da agricultura familiar na economia brasileira é importante e seus dados são divulgados através do Censo Agropecuário realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas).

 

Por meio do programa de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, a BBF desenvolve parceria com agricultores locais e auxilia no desenvolvimento socioeconômico da região Amazônica, acreditando na importância de capacitar esses agricultores oferecendo serviços de assistência técnica, favorecendo, assim, a inclusão social na cadeia produtiva de biodiesel e energia.

Benefícios

Fomenta o desenvolvimento da região com a geração de renda para pequenos produtores rurais.

Fortalece a agricultura familiar com o estabelecimento de parcerias construtivas.

 

Recuperação de áreas degradadas

De acordo com o Decreto Federal nº 97.632, de 10 de abril de 1989, degradação ambiental são “os processos resultantes dos danos ao meio ambiente, pelos quais se perdem ou se reduzem algumas de suas propriedades, tais como, a qualidade ou capacidade produtiva dos recursos ambientais”. Já a recuperação é o “retorno do sítio degradado a uma forma de utilização, de acordo com um plano preestabelecido para o uso do solo, visando a obtenção de uma estabilidade do meio ambiente”. 

 

No caso da Amazônia Legal, foi realizado pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) o Programa de Produção Sustentável de Palma de Óleo, que disciplina a expansão da produção de óleo de palma no Brasil e oferta instrumentos para garantir uma produção em bases ambientais e sociais sustentáveis.   

 

Nesse programa, está incluído o Zoneamento Agroecológico da Cultura da Palma de Óleo (ZAE), aprovado pelo Decreto nº 7.172/2010, que delimitou apenas áreas aptas (solo e clima) em regiões antropizadas sem restrições ambientais. Além disso, o ZAE delimita cerca de 30 milhões de hectares de áreas degradadas na região aptas a receberem o cultivo da palma e contribuírem para a recuperação ambiental dessas terras. Aliado a isso, fica proibida, em território nacional, a derrubada de vegetação nativa para o cultivo da espécie e de licença ambiental para empresas que utilizem matérias-primas vindas dessas áreas de cultivo irregular, o que coloca o país frente a outros produtores mundiais que expandem sua produção sobre áreas de florestas.

 

As áreas de plantio da BBF no Amazonas e Roraima obedecem ao ZAE, concentrando-se integralmente em áreas degradadas. Contribuem para o reequilíbrio do meio ambiente, do balanço de carbono, da recomposição da cobertura do solo e recomposição dos ciclos biogeoquímico e hidrológico.

Benefícios

Contribui para o reequilíbrio do meio ambiente, do balanço de carbono, da recomposição da cobertura do solo e dos ciclos biogeoquímico e hidrológico.

Plantio que preza pela preservação e conservação das áreas de floresta nativa e incentiva a recuperação de áreas degradadas.

 

Energias renováveis

A energia pode ser encontrada de diferentes formas, como a mecânica, elétrica, química, térmica, nuclear e radiante, que precisam ser transformadas passando por diferentes processos que podem impactar o meio ambiente e a sociedade em intensidades diferentes. Essas formas de energia são resultantes de diversas fontes, podendo ser renováveis ou não renováveis.

 

Os combustíveis fósseis e nucleares são exemplos de fontes não renováveis de energia, que se encontram em quantidades limitadas na natureza. Já as renováveis são aquelas inesgotáveis e/ou que contam com capacidade de regeneração mais acelerada.

 

Alguns dos benefícios que se pode identificar na utilização de combustíveis renováveis produzidos na região são a redução nos custos de logística do combustível, na dependência energética em relação aos combustíveis fósseis e a diversificação estratégica das fontes de fornecimento do combustível. Além dos benefícios econômicos e políticos, podem ser identificadas diversas vantagens sociais e ambientais, como a geração de emprego e renda local, manuseio e armazenamento mais seguros, redução das emissões de gases de efeito estufa e a diminuição de geração de resíduos.

 

A BBF vem trabalhando nesse sentido e está comprometida em estabelecer uma matriz energética limpa e diversificada na Região Norte. Com várias usinas termelétricas movidas a biodiesel, sua meta é ampliar o número de usinas geradoras de energia na região que são movidas a biocombustível de óleo de palma, bem como a biomassa – residual do processo de extração do óleo – e ainda, através de parcerias, aumentar os investimentos em energia solar, fazendo uso do imenso potencial fotovoltaico da Amazônia.

Benefícios

Redução dos impactos ambientais na geração de energia elétrica em localidades isoladas, graças ao uso de fontes renováveis.

Diminuição do custo da geração de energia e aumento da independência e segurança com o uso dos recursos disponíveis localmente.

 

Se você deseja compartilhar este sonho conosco, entre em contato!

Com novos parceiros e investidores, poderemos expandir nossos projetos, gerando mais empregos e contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Norte do País.